Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Crianças vão saudar Francisco na zona de Monte Real

A multidão que aguardava ontem o Papa na aterragem em Monte Real

Marcos Borga

Um grupo de mais de 100 crianças de paróquias em redor de Monte Real vai saudar o papa Francisco no percurso de acesso à Base Aerea n.º 5, antes da partida de Portugal

Um grupo de mais de 100 crianças de paróquias em redor de Monte Real vai saudar o papa Francisco no percurso de acesso à Base Aerea n.º 5, antes da partida de Portugal.
Fonte da paróquia de Vieira de Leiria disse à Lusa que está prevista a concentração de cerca de 80 crianças da catequese daquela localidade e outras de paróquias da zona, numa rotunda, engalanada com flores e balões, que fica a cerca de um quilómetro da Base Aérea nº 5, em Segodim, arredores de Monte Real.
A mesma fonte indicou que há a expectativa que o papa - que deverá fazer o percurso em carro fechado - possa parar no local para cumprimentar as crianças.
Nas estradas em redor da base, nomeadamente em rotundas ao longo de um percurso de cinco quilómetros, concentravam-se a partir das 11:00 algumas pessoas, horas antes da prevista passagem da comitiva papal, constatou a agência Lusa.
Em vários locais há faixas de paróquias da região a saudar o papa Francisco e a agradecer-lhe a visita ao nosso país.
Já numa zona florestal de Segodim, junto à estrada da base aérea, um grupo com cerca de 15 pessoas do grupo coral litúrgico Bago, da paróquia de Marrazes, Leiria, chegou a meio da manhã, na expectativa de ver passar o papa.
"Não podemos ir a Fátima, por motivos profissionais, e viemos reunir-nos aqui. E vamos comer, cantar e divertirmo-nos até o papa chegar, só o ver já seria bom", disse José Abraul, presidente do grupo coral.