Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Vaticano revela ligeiro aumento de católicos em Portugal

Tiago Miranda

Existem 9,183 milhões de católicos numa população de 10,34 milhões de pessoas, segundo os números apresentados esta quarta-feira pela Santa Sé

A Igreja Católica em Portugal registou, em 2015, um ligeiro aumento na percentagem dos católicos face a 2010, ano em que o papa Bento XVI visitou Portugal, de acordo com dados do Vaticano divulgados esta quarta-feira.

A Sala de Imprensa da Santa Sé revela que, em Portugal, existem um total de 9,183 milhões de católicos numa população de 10,34 milhões de pessoas, correspondendo a uma percentagem de 88,7%, mais quatro décimas do que em 2010.

Há sete anos, quando Bento XVI esteve em Lisboa, Fátima e Porto, o número de católicos portugueses divulgado pela Santa Sé era de 9,36 milhões numa população de 10,6 milhões de habitantes, noticiou a agência Ecclesia.

Estes números foram recolhidos pelo Serviço Central de Estatística da Igreja e referem-se a 31 de dezembro de 2015.
Os números foram divulgados pela Santa Sé a nove dias da visita do papa Francisco para canonizar os pastorinhos Francisco e Jacinta, em Fátima, em 13 de maio, no centenário das "aparições".

Segundo a agência Ecclesia, entre 2000 e 2008 o número de sacerdotes diocesanos baixou de 3.159 para 2.524 e o clero religioso desceu de 1.078 para 907 padres.

Em 31 de março de 2017, a Igreja Católica em Portugal tinha 49 bispos, 3.431 padres, 360 diáconos permanentes, 237 religiosos e 4.603 religiosas.

Há ainda 58.962 catequistas num total de 4.424 paróquias e 2.293 outros centros pastorais, em 21 dioceses.

A Santa Sé, de acordo com a Ecclesia, organiza uma conferência de imprensa na sexta-feira, em Roma, para apresentar a visita do papa, com o porta-voz do Vaticano, Greg Burke, a porta-voz do Santuário de Fátima, Carmo Rodeia, e o diretor do Departamento de Comunicação do Patriarcado de Lisboa, padre Nuno do Rosário Fernandes.