Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Chuva e descida das temperaturas a partir de hoje

Luis Barra

Chuva regressa esta quarta-feira à região sul, estendendo-se depois até sábado ao norte e centro

A chuva vai regressar a Portugal continental a partir desta quarta-feira na região sul, estendendo-se depois até sábado ao norte e centro, disse à agência Lusa a meteorologista Maria João Frada, adiantando estar também prevista uma descida das temperaturas.

De acordo com a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), para quarta e quinta-feira há apenas possibilidade de chuva fraca na região sul, que depois irá estender-se gradualmente até sábado às restantes regiões do continente.

"Hoje vamos ter, relativamente ao dia de ontem [terça-feira], uma pequena descida dos valores da temperatura em particular nas regiões do norte e centro e em especial nas regiões do interior. O vento vai soprar moderado a forte na faixa costeira a norte do Cabo Raso", disse.

Maria João Frada adiantou que hoje e quinta-feira prevê-se nebulosidade em todo o território, que será mais carregada na região sul [baixo Alentejo e Algarve], onde há possibilidade de chuva fraca.

"Na sexta-feira é mais certo. Vai chover de forma mais persistente no Algarve e Alentejo devido a uma depressão a sul-sudoeste da Madeira, que já esteve sobre a região dos Açores e deslocou-se depois para a Madeira", salientou.

Por causa da depressão, o IPMA emitiu aviso laranja para a Madeira, o segundo mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados por trovoadas.

O aviso laranja vai estar em vigor até às 12h de hoje, passando depois a aviso amarelo até às 12h de quinta-feira.

Devido às previsões de chuva pontualmente forte, sete das nove ilhas dos Açores estão sob aviso amarelo. Nas ilhas do grupo central (Terceira, Graciosa, Faial, Pico e São Jorge) vigora às 9h locais de hoje (mais uma hora em Lisboa) e no grupo oriental (São Miguel e Santa Maria), até às 13h (mais uma hora em Lisboa).

Segundo Maria João Frada, a depressão que assolou as ilhas vai deslocar-se gradualmente para a parte sul do continente, trazer uma massa de ar quente e instável, que vai dar precipitação na sexta-feira na região sul e irá estender-se depois à região centro e no sábado à região norte.

No que diz respeito às temperaturas, o IPMA prevê para hoje e quinta-feira uma descida dos valores das temperaturas, em especial no norte e centro.

"No Nordeste Transmontano e na Beira Alta, as temperaturas poderão estar muito perto de zero graus e em locais abrigados poderá haver até formação de geada. Nos próximos dias vai haver pequenas alterações, mas sem grande significado", explicou.

Assim, segundo Maria João Frada, as temperaturas mínimas vão variar entre os 5 e os 10 graus celsius na generalidade do território, com exceção do Nordeste Transmontano e Beira Alta onde podem rondar entre a 1 a 4 graus.

Quanto às máximas, vão variar entre 15 e 20 graus, sendo um pouco inferiores na região da Serra da Estrela.