Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Menina baleada pelo irmão em Oliveira de Azeméis não corre perigo de vida

O pai da criança negou ser proprietário da arma de fogo, explicando que a mesma “tinha sido deixada na residência por um conhecido, por causa de um negócio”

A menina de 6 anos que foi esta quarta-feira baleada acidentalmente pelo irmão de 11 anos, em São Roque, Oliveira de Azeméis, está estável e não corre perigo de vida, disse à Lusa fonte da GNR de Aveiro.

O incidente ocorreu cerca das 20h40, quando o rapaz baleou a irmã com uma espingarda de pressão de ar, modificada para nove milímetros.

Segundo a mesma fonte, o pai da criança negou ser proprietário da arma de fogo, explicando que a mesma "tinha sido deixada na residência por um conhecido, por causa de um negócio".

A vítima sofreu ferimentos na zona esquerda do abdómen, tendo sido transportada em estado grave para o Hospital de São João, no Porto, segundo o comandante dos Bombeiros de Oliveira de Azeméis, Paulo Vitória.

"A menina deu entrada na emergência e, segundo informação médica, iria entrar no bloco operatório para retirar as balas e verificar os danos que possa ter nos órgãos", disse Paulo Vitória.

Ao local acorreram os Bombeiros de Oliveira de Azeméis, com uma ambulância, e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Santa Maria da Feira, além da GNR.