Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Polícia foi chamada a atuar várias vezes em hotel em Espanha com estudantes portugueses

Fonte da polícia espanhola diz à agência EFE que um grupo de cerca de 1.200 estudantes portugueses entre os 14 e os 17 anos causou estragos nos quartos na ordem dos 50 mil euros

A polícia espanhola disse hoje que 1.200 estudantes portugueses causaram danos de milhares de euros num hotel na costa sul de Espanha e que nos últimos dois dias as autoridades tiveram de atuar várias vezes por distúrbios. Uma fonte da polícia em Torremolinos disse à agência noticiosa EFE que nos últimos dois dias as autoridades tiveram de atuar em várias ocasiões no Hotel Pueblo Camino Real, perto da cidade de Málaga, onde estavam instalados os jovens portugueses.

A polícia diz que um grupo de cerca de 1.200 estudantes portugueses entre 14-17 anos causou estragos nos quartos na ordem dos 50 mil euros. O hotel confirmou o incidente, mas recusou-se a comentar.

No sábado, o hotel onde estava alojado um grupo de 800 estudantes portugueses do ensino secundário disse à Lusa que expulsou os jovens por danos e vandalismo verificados nos últimos dias. "Sim, destruíram muitas coisas, temos muito prejuízo, mas só vamos falar sobre isso na segunda-feira", disse fonte do hotel Pueblo Camino Real, em Torremolinos, que remeteu mais explicações para uma conferência de imprensa na segunda-feira.