Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Pelo menos quatro mortos em explosão em fábrica em Lamego

NUNO ANDRÉ FERREIRA/LUSA

Outras cinco pessoas estão desaparecidas. No local estão 56 operacionais apoiados por 19 viaturas, informa a Proteção Civil na sua página

Quatro pessoas morreram esta terça-feira na sequência de uma explosão numa fábrica de pirotecnia em Avões, Lamego, e cinco ainda não estão localizados, disse à agência Lusa fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

A mesma fonte disse que as informações ainda são precoces, até porque não existem condições de segurança para as equipas avançarem.

Segundo o presidente da junta de freguesia de Avões, Macário Rebelo, a fábrica em causa trata-se de uma empresa familiar.

Está em curso uma operação que conta com 78 operacionais das corporações de Castro Daire, Régua, Arouca e Lamego, apoiados por 26 viaturas.

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro de Viseu, a explosão ocorreu às 17h48.

(Em atualização)

  • Pirotecnia: 19 mortos em 12 anos

    O balanço de vítimas mortais registadas em fábricas de pirotécnica subiu para 19, nos últimos 12 anos, com a morte, hoje, de quatro pessoas, na sequência de uma explosão numa fábrica de pirotecnia em Avões, Lamego, distrito de Viseu