Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Enfermeiros desconvocam greve

António Pedro Ferreira

O protesto estava marcado para a próxima quinta e sexta-feira, 30 e 31 de março, mas o Sindicato chegou a acordo com o Governo em algumas das reinvindicações

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) desconvocou a greve geral nacional que estava marcada para quinta e sexta-feira da próxima semana, ou seja, 30 e 31 de março, anunciou esta sexta-feira o presidente da estrutura, José Carlos Martins.

O dirigente falou numa conferência de imprensa, na sede do SEP em Lisboa, e justificou a decisão de cancelar o protesto com os compromissos assumidos pelo Ministério da Saúde.

Segundo José Carlos Martins, o SEP esteve reunido na quarta-feira, 22 de março, com o ministro e secretários de estado da Saúde e chegaram a acordo acordo em relação a algumas das reivindicações, como as 35 horas de trabalho semanais para todos os enfermeiros e a reposição do pagamento das horas de qualidade.

Quando foi convocada a greve, o SEP já tinha dito que estava marcada uma reunião com o Governo e que se esse encontro corresse bem, a paralisação seria desconvocada.