Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Funcionária de Câmara de Lisboa transferida para S.José após abrir envelope

A carta foi recolhida pela PJ, que a enviou para o laboratório a fim de ser analisada

Uma funcionária da Câmara Municipal de Lisboa foi transferida terça-feira para o Hospital de São José, após ter mexido num envelope que a deixou "indisposta", informou esta quarta-feira fonte da PSP.

"Recebemos uma informação de uma senhora funcionária da Câmara Municipal de Lisboa por volta das 18h16 de que, ao abrir uma carta dirigida à câmara, se terá sentido indisposta", disse a fonte.

Segundo a mesma fonte, foram acionados o INEM e um carro patrulha e depois de verificado que era uma carta foi acionado o Centro de Inativação de Explosivos e Segurança em Subsolo.

"Depois de feitas as análises que eram necessárias, a senhora foi transferida para o Hospital de São José", adiantou.

A carta foi recolhida pela PJ, que a "vai enviar para o laboratório", disse, acrescentando que o perímetro de segurança junto à autarquia lisboeta foi levantado cerca das 22h40.