Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

O desportivo assim-assim

d.r.

O mais recente smartwatch da Huwaei tem “boa pinta”, mas falha em alguns pormenores para quem procura um relógio para registar as atividades físicas

O segmento dos wearables já não está fulgurante. Com apenas um dispositivo, a Apple domina o sector, seguida da Samsung. A Huawei também marca presença. O fabricante chinês já lançou relógios inteligentes e agora apresenta este, Fit, que, como o nome indica, está vocacionado para a acompanhar as atividades diárias desportivas. Vamos vê-lo em pormenor.

O ecrã vê-se muito bem no exterior. É monocromático, o que nos permitiu ter uma utilização que durou quase uma semana. Sim, abusámos do sensor cardíaco e da ligação permanente à app no telefone. É um valor de autonomia bom, mas equiparável ao que já vimos em dispositivos da Garmin ou da Tomtom - que são melhores na cobertura das atividades desportivas.

Telefone mais tempo no bolso

O Fit recebe notificações do telefone. As chamadas que estão a entrar ou as SMS, por exemplo. E fá-lo para dispositivos Android ou para o iPhone. Também existe suporte para uma série de apps o que garante que vai estar sempre a par do que está a acontecer no telefone. Aliás, o dispositivo da Huawei está muito refém do smartphone, isto porque não tem GPS integrado. Ou seja, para atividades ao ar livre é necessário usar o telefone para ter acesso a medições precisas. E, infelizmente, essa informação não é mostrada no ecrã do relógio. O que nos obriga a olhar para o telefone durante o exercício - o que não é cómodo. A falta de botões físicos no Fit também é um inconveniente quando estamos em atividade física. Aliás, sentimos a falta da deteção automática do início das atividades.

d.r.

Confortável

Este relógio é muito leve no pulso. Tanto que, às vezes, até nos esquecemos que o estamos a utilizar. Aliás, quando o utilizámos pela primeira vez até colocámos em causa se seria, mesmo, feito de metal. A bracelete de borracha também ajuda ao conforto final da experiência. E este é um dispositivo com design discreto que vai poder usar para fazer desporto ou no dia-a-dia.

A app para o telefone está bem desenhada. É possível definir um treino que é, depois, carregado para o relógio. Durante o exercício, são enviados alertas que podem ter em conta o ritmo cardíaco - de forma a garantir que não existem exageros. As medições que fizemos das atividades diárias ficaram muito alinhadas com outros dois dispositivos de teste. No entanto, quando corremos no ginásio e ao ar livre, os valores ficaram desfasados. A contagem de passos foi, sempre, exagerada.

Em conclusão, este é um relógio bem desenhado que controla bem as atividades diárias. E fá-lo melhor do que muitas pulseiras desportivas do mercado. No entanto, em termos de relógio desportivo, fica aquém daquilo que conhecemos de outros dispositivos. Por exemplo, o TomTom Spark 3 custa o mesmo e oferece GPS integrado e um ecrã mais generoso.

CARACTERÍSTICAS Huawei Fit

Preço: €199 | Suporte para Android 4.4. e iOS 8 (ou superiores) | Ecrã: LCD de 1,04" | Conectividade: Bluetooth 4.2 | Sensor cardíaco, sensor de luz ambiente, acelerómetro, giroscópio | Carregador proprietário | Dimensões: 246,5x39,4x9,9 mm | Peso: 35 gramas