Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Valadares. Ciclista morre atropelado por condutor sem carta e mandato de detenção

Ciclista de 35 anos faleceu esta quinta-feira, atropelado por uma viatura em fuga a patrulha da GNR de Arcozelo, Vila Nova de Gaia. Condutor já foi detido e desobedeceu à ordem de paragem das autoridades por circular sem carta de condução e ter pendente uma condenação a 13 meses de prisão

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

Um homem de 31 anos foi detido pela GNR de Arcozelo, esta manhã, após ter atropelado mortalmente um ciclista de 35 anos na marginal de Vila Nova de Gaia.

Segundo o tenente-coronel Ferreira, do Comando Territorial da GNR do Porto, o condutor desobedeceu a um sinal de paragem por parte de uma patrulha da GNR, tendo sido intercetado em Valadares, na área de intervenção da PSP.

Após colidir com a bicicleta, o condutor, sem carta de condução e sobre o qual pendia um madato de detenção, por ter pendente uma condenação a 13 meses de prisão, ainda tentou a fuga a pé, mas foi de imediato apanhado pelos militares que o perseguiam.

Ainda de acordo com o responsável das relações públicas da GNR do Porto, as autoridades presentes no local acionaram de pronto os meios operacionais de socorro ao ciclista atropelado. Porém, quando o INEM chegou ao local a vítima já se encontrava sem vida e seguiu para o Instituto de Medicina Legal.

O detido encontra-se detido nas instalações da GNR de Arcozelo, até o processo ser enviado para o Ministério Publico, ainda esta quinta-feira ou amanhã.

  • Isabel Paulo

    Licenciada em Relações Internacionais pela Universidade do Minho. Jornalista do Expresso desde 1989.