Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Caso de legionella na Maia foi sinalizado em fevereiro

A Direção-Geral da Saúde confirmou esta segunda-feira que há um caso de legionella numa fábrica da Maia e outros sete caso que estão a ser avaliados. O diretor-geral da Saúde revela que o caso foi sinalizado na última semana de fevereiro.

Francisco George diz ainda que desde logo foram tomadas as medidas necessárias nestas situações em conjunto com a Inspeção-Geral do Ambiente.

Francisco George não quis, para já, adiantar qual a fábrica afetada pelos casos de legionella, nem se a unidade fabril foi encerrada, mas garante que a situação está controlada.