Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Turquia anuncia suspensão das relações com a Holanda

“Até que as nossas exigências sejam respeitadas, o embaixador da Holanda não será autorizado a regressar”, disse em Ancara o vice-primeiro-ministro turco

A Turquia decidiu suspender as relações, ao mais alto nível, com a Holanda. O anúncio foi feito esta segunda-feira, em Ancara, pelo vice-primeiro-ministro do país, Numan Kurtulmus.

“Foi decidido que até que as nossas exigências sejam respeitadas, o embaixador da Holanda não será autorizado a regressar”, disse Kurtulmus à imprensa, no final de uma reunião do Governo turco.

Em causa está a exigência turca da realização de comícios com a comunidade turca residente na Holanda para promover o voto na reforma constitucional que confere acrescidos poderes executivos ao Presidente Recep Erdogan.

O embaixador holandês em Ancara, Kees Cornelis van Rij, encontra-se atualmente a gozar férias fora da Turquia e a representação dos interesses da Holanda é desempenhada pelo encarregado de negócios.

  • Estamos a observar uma crise em modo bola de neve

    O que é que o líder do movimento anti-imigração e anti-Islão na Holanda tem a ver com o referendo constitucional convocado na Turquia para daqui a um mês? Neste momento, tudo. O Presidente turco não está contente com os obstáculos que a sua campanha pelo “sim” encontrou em várias cidades europeias este fim de semana, a começar por Roterdão. Divisões podem influenciar os resultados das legislativas holandesas esta quarta-feira — e das restantes eleições que vão ditar o futuro do continente europeu até ao final do ano

  • Sempre fui contra a ideia da adesão da Turquia à União Europeia. O problema residia em duas questões que não são de pormenor: a primeira é que a Turquia é, essencialmente, um país asiático, ou daquela região que se chama Ásia Menor; a segunda é que nunca foi totalmente uma democracia, estando nesse aspeto a piorar drasticamente nos últimos tempos. Porém, as principais cabeças e capitais europeias eram a favor da entrada de Ancara, embora a prazo