Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Trânsito reaberto na Damasceno Monteiro, em Lisboa, após queda de muro e evacuação de quatro prédios

TIAGO PETINGA / Lusa

Devido ao aluimento de terras, as autoridades retiraram 27 pessoas de quatro edifícios, tendo havido um ferido ligeiro – um homem que sofreu algumas escoriações

O trânsito foi reaberto às 13h desta segunda-feira na rua Damasceno Monteiro, em Lisboa, onde a queda de um muro provocou de madrugada um deslizamento de terras e levou à retirada de 27 moradores de quatro edifícios.

No local, a Lusa constatou ainda que o perímetro de segurança foi reduzido e apenas abrangia àquela hora os quatro prédios afetados.

Parte do muro do condomínio Vila da Graça, no bairro Estrela d'Oiro, ruiu pelas 5h40, provocando um deslizamento de terras para as traseiras de quatro edifícios da Rua Damasceno Monteiro (dos números 104 ao 110).

A agência Lusa foi até à Vila da Graça e viu que o muro que cedeu está a cerca de cinco metros de uma piscina exterior construída no condomínio privado.

O vereador da Proteção Civil da Câmara de Lisboa, Carlos Castro, reconheceu que o muro – cujo proprietário desconhece – terá de ser reconstruído.

O vereador assegurou, contudo, que a Proteção Civil municipal está a trabalhar para o caso de os afetados terem de ser realojados.

O deslizamento provocou danos nos quatro edifícios de habitação.