Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Câmara com smartphone

d.r.

A Kodak, um dos nomes com maior história na fotografia, já fabrica um smartphone… Ou melhor, já há um smartphone com a marca Kodak. Será a câmara deste aparelho capaz de rivalizar com as câmaras do iPhone 7 ou do Galaxy S7? Nem por isso

Quem segue com atenção o mercado da fotografia poderá estar a perguntar “mas a Kodak não faliu?” Sim, a empresa norte-americana fechou as portas, mas a marca perdura e tem sido licenciada a outros fabricantes. É o caso deste smartphone, fabricado pela Bullitt, o primeiro a ostentar a marca do grande nome da história da fotografia. Por exemplo, foi a Kodak que criou a primeira câmara digital. E, como seria de esperar, é precisamente nesta área que este modelo mais sobressai graças a uma câmara de grande resolução associada a uma lente acima da média.

Nome com história

O apelo à história também é visível na denominação do modelo: a primeira câmara Kodak Ektra foi lançada em 1941. Mas será este smartphone melhor em fotografia que referências como o Galaxy S7, iPhone 7 ou o Huawei P9?

Bem, para começar, apesar do formato mais próximo de uma câmara, onde a grande vantagem acaba por ser a ergonomia extra permitida pelo pequeno punho, o Ektra não traz para o mercado qualquer tecnologia realmente diferenciadora. Por exemplo, não tem um sensor gigante, como os 41 megapíxeis do Nokia Lumia 1020, uma objetiva com zoom como os Samsung Galaxy Camera/K, ou uma câmara dupla como o P9 ou o iPhone 7 Plus. Ainda assim, os 21 milhões de píxeis do sensor Sony permitem uma resolução acima da média que, felizmente, se traduz numa definição real elevada. O estabilizador ótico de seis eixos faz um excelente trabalho quando a fotografar com pouca luz, desde que o motivo não seja móvel. A lente, apesar de não ser impressionante, consegue distribuir a luz de forma uniforme q.b..

d.r.

Mas o grande problema deste telemóvel é que o processamento e/ou algoritmos utilizados não estão à altura do sensor. Há um atraso evidente entre dar a ordem para fotografar e a apreensão da imagem; a velocidade de foco que, teoricamente, devia ser muito elevada graças à deteção de fase embutida no sensor, não impressiona; a focagem automática falha com regularidade, sobretudo quando o motivo está próximo; os (bons) efeitos especiais da app de fotografia da Kodak, onde se destaca o efeito de Super8 para o vídeo e o desfoque do fundo para fazer sobressair o motivo principal, têm uma aplicação muito lenta; as cores são demasiado saturadas e há uma tendência para surgirem tons demasiado azulados.
Atenção: com isto não queremos dizer que o Ektra tem uma câmara má. Na verdade, a câmara está bem acima da média. Mas não está à altura das promessas nem consegue estar à altura dos smartphones já mencionados no que a fotografia e vídeo diz respeito.

Grande, mas leve

O desempenho global é muito satisfatório na maioria das apps. Neste campo, os 3 GB de memória ajudam bastante. Os testes de velocidade apresentam resultados convincentes. Não tem o desempenho que temos visto em topos de gama, mas é claramente mais rápido que a maioria dos smartphones na casa dos 200 aos 400 euros.

O chassis é muito plástico e, devido ao formato escolhido, bem mais espesso do que o habitual. Felizmente, é mais leve que parece, mas este não é, definitivamente, o melhor smartphone para transportar no bolso. Aliás, a Kodak vende umas bolsas de transporte de luxo, muito semelhantes às bolsas utilizadas nas câmaras há algumas décadas (nem lhes falta as alças).

No global, o Ektra é um smartphone com um desempenho satisfatório e com uma câmara interessante, sobretudo na componente software, que oferece muitas opções para controlar a imagem. Mas é um daqueles casos em que promete bem mais do que cumpre. O design fez-nos acreditar que este poderia ser um dos melhores smartphones para fotografar do mercado, mas a verdade é que o Ektra fica um pouco aquém desse campeonato.

CARACTERÍSTICAS KODAK EKTRA

Preço: Ektra €529
Representante: avelicullular.com
Ecrã: 5 polegadas (1920x1080 píxeis)
Processador: Helio X20 a 2,3 GHz (10 cores)
Memória RAM: 3 GB
Armazenamento: 32 GB
Sistema operativo: Android 6.0
Bateria: 3000 mAh
Câmaras: 21 e 13 MP
Conectividade: USB Type-C, Wi-Fi AC, BT 4.1
Dimensões: 73x148x9,7-14mm
Peso: 164 g