Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Ministras da Justiça e da Administração Interna vão ser ouvidas no Parlamento

JOÃO RELVAS/LUSA

A audição urgente das ministras foi aprovada esta quarta-feira, a propósito da fuga de três reclusos da cadeia de Caxias e do furto de 50 armas da direção nacional da PSP

O parlamento aprovou esta quarta-feira a audição urgente das ministras da Justiça e da Administração Interna a propósito da fuga de três reclusos da cadeia de Caxias e do furto de 50 armas da direção nacional da PSP, respetivamente.

Os pedidos foram feitos pelo PSD à Comissão de Direitos, Liberdades e Garantias que hoje aprovou a audição de Francisca Van Dunem, sobre a fuga no domingo de três reclusos do estabelecimento prisional de Caxias, e de Constança Urbano de Sousa a propósito do furto de cerca de 50 armas do armazém da direção nacional da PSP.

Ficou decidido que as explicações da ministra sobre o furto das armas Glock 9 mm seria o primeiro ponto da audição regimental de Constança Urbano de Sousa já marcada para 7 de março.

Os deputados aprovaram ainda a audição de dez entidades, propostas pelo CDS, entre as quais os conselhos superiores da Magistratura e do Ministério Público e Ordem dos Advogados, sobre alterações ao regimento de custas judiciais e ao acesso ao direito.