Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Três homens fugiram da prisão de Caxias pela janela da cela

Nuno Botelho

A informação foi dada pela Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP). A cela estava ocupada por quatro detidos

Três detidos, que estavam presos preventivamente, fugiram no início da madrugada deste domingo do estabelecimento prisional de Caxias. A Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) disse que os três reclusos fugiram a partir da janela da cela, ocupada por quatro detidos.

Em comunicado, a DGRSP adianta que os evadidos são dois cidadãos chilenos, com 29 e 30 anos, e um português com 30 anos e que "todos se encontravam presos a aguardar julgamento por crimes de furto e roubo em processos criminais distintos". Uma fonte prisional havia dito antes à agência Lusa que os dois cidadãos chilenos respondiam no mesmo processo-crime.

A mesma fonte adiantou que a fuga ocorreu por volta da 1 hora da manhã deste domingo e que os evadidos estavam presos preventivamente por furto e roubo. Os dois cidadãos chilenos são arguidos no mesmo processo e aguardavam julgamento em prisão preventiva.

Já foi distribuída a foto dos fugitivos pelos órgãos de polícia criminal - PSP, GNR e PJ - e pelo Grupo de Intervenção e Segurança Prisional.

Segundo dados divulgados este domingo, nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram das prisões portuguesas. À exceção dos três que fugiram este domingo e que ainda estão em fuga, todos os restantes foram capturados, informou a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

[notícia atualizada às 12h50]