Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

A impressora 3D que pode muito bem ser a resposta aos seus desejos

Se está à procura de uma impressora 3D de baixo custo, compacta q.b. para usar numa secretária e com boa qualidade de impressão, então temos uma boa notícia para si. A Blocks Zero pode muito bem ser a resposta aos seus desejos. Esta pequena máquina criada em Portugal tem o preço de uma impressora 3D de kit difícil de montar, mas oferece a qualidade de construção e a facilidade de uso de máquinas muito mais caras

d.r.

As impressoras 3D ainda não são tão fáceis de utilizar quanto uma impressora tradicional. Além de alguns conhecimentos específicos necessários para usar a impressora, só é possível tirar máximo partido deste tipo de máquinas quando o utilizador sabe criar modelos 3D. Já há software relativamente fácil de utilizar, muitos modelos 3D disponíveis gratuitamente (dê uma vista de olhos AQUI), mas a verdade é que estas máquinas ainda são para especialistas.

Por outro lado, há muitos utilizadores que podem ser englobados nestes “especialistas”, como arquitetos que procuram uma forma eficiente de fazer maquetas; engenheiros que fazem protótipos; e toda a comunidade maker, pessoas que gostam de fazer - e não de comprar feito. Utilizadores que devem dar toda a atenção a esta máquina portuguesa.

d.r.

Como acontece com todas as máquinas fornecidas em kit, o utilizador tem que ter alguma habilidade para fazer a montagem. Aliás, esta é uma das razões que permite o baixo preço. E esta é a impressora 3D “a sério” mais económica que conhecemos. Felizmente, o manual ilustrado fornecido e a organização do kit (as peças são fornecidas em diferentes caixas e divididas por áreas) tornam a montagem da Zero tão ou mais simples que a montagem de um móvel do Ikea. Nem há o risco de termos a mesa cheia de peças e parafusos porque, graças à organização referida, a montagem é feita por segmentos. Se seguirmos atentamente as instruções – e a regra “depressa e bem não há quem” deve ser seguida –, a máquina fica pronta a funcionar em algumas horas.

Cabe na secretária

Compacta. Muito compacta. A “pegada” da Zero é de apenas 20x20,5 cm, o que significa que cabe em qualquer secretária. Mais, como tem uma construção robusta e todos os mecanismos estão protegidos, podemos facilmente arrumá-la num armário ou prateleira quando não está a ser utilizada. Aliás, a Zero até vai ser fornecida com um saco de transporte. Este baixo impacto é também visível em outras características: é pouco ruidosa a funcionar e tem uma cama (onde a impressão assenta) em acrílico com ligeiro relevo, o que evita termos de andar a aplicar fita ou colas para agarrar o modelo.

d.r.

A Blocks One – a “irmã” mais velha e maior – já nos tinha impressionado em termos de qualidade de impressão e da fiabilidade dos mecanismos, incluindo o sistema de alimentação do filamento. Características que a Zero também tem. Depois de montada, esta é uma máquina “pronta a usar”, que suporta ao mais variados tipos de filamento dentro do PLA (plástico de origem orgânica), incluindo flexíveis. A impressão tem um pormenor muito elevado e a qualidade é constante e repetível. No global, a experiência de utilização desta máquina fica muito acima do que se consegue com os kits de baixo custo.

Modelos pequenos

O volume máximo de impressão de apenas 120x140x120 mm é a principal limitação desta máquina. Por exemplo, não é suficiente para imprimir uma capa para um smartphone com ecrã generoso. Mas, considerando a nossa experiência, é um volume suficiente para a esmagadora maioria das impressões “domésticas”. E, é claro, é sempre possível recorrer ao engenho para criar modelos maiores a partir de peças mais pequenas.

Como é comum neste tipo de máquinas, a impressão não é feita diretamente. É preciso recorrer a uma aplicação conhecida por “slicer”, como o popular Cura, para transformar modelos 3D em ficheiros Gcode, de acordo com os parâmetros definidos pelo utilizador (qualidade e velocidade, por exemplo), que são gravados num cartão SD. Depois colocamos o cartão SD na máquina e usamos os menus para imprimir. A Blocks fornece perfis para o Cura, o que torna o processo muito mais simples.

d.r.

Esta máquina não consegue fazer desaparecer as barreiras que ainda existem para a impressão 3D doméstica, mas diminui-as de modo considerável. Há outras impressoras 3D mais fáceis de utilizar, mas que custam três ou quatro vezes mais. Outras podem ser económicas, mas bem mais difíceis de montar e que dificilmente atingem a qualidade de impressão conseguida pela Blocks Zero. Ou seja, esta máquina é, provavelmente, a melhor proposta para quem procura a sua primeira impressora 3D.

Pode ver um vídeo de como funciona AQUI

CARACTERÍSTICAS BLOCKS ZERO

Preço: €350 (disponível em março)
Tecnologia de impressão: FDM
Volume máximo de impressão: 120x140x120 mm
Velocidade: 40 a 60 mm/seg
Conectividade: Leitor de cartões SD, porta USB
Resolução máxima: 40 mícrones
Filamento: 1,75 mm PLA
Dimensões (sem filamento): 20x21x30 cm