Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Eram afinal três os assaltantes no Amoreiras

Grupo armado tinha deixado 'scooters' numa das saídas do Centro Comercial das Amoreiras e fugiu em direção à A5. Ainda não foram capturados

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Divulgação

Eram afinal três os homens que assaltaram uma relojoaria no Centro Comercial das Amoreiras, em Lisboa, nesta manhã de segunda-feira, apurou o Expresso junto de fonte da PSP.

Os assaltantes atuaram de cara tapada com capuzes cerca das 10h30. A Polícia Judiciária, que ficou com caso por se tratar de um crime envolvendo armas de fogo, está agora a verificar as câmaras de circuito interno do shopping, na esperança que algum dos suspeitos tenha baixado o capuz, mesmo que momentaneamente, durante a fuga.

Empunhando armas de fogo, os assaltantes ameaçaram os empregados da loja e realizaram o roubo, sem o disparo de tiros.

O assalto ao estabelecimento comercial, que se situa no primeiro andar do shopping, junto às salas de cinema, foi realizado com bastante rapidez e terá sido preparado ao pormenor. Os assaltantes tinham estacionado três 'scooters' junto à porta próxima do Liceu Francês, o que lhes permitiu uma saída sem percalços em direção à A5, autoestrada que faz a ligação entre a capital e Oeiras.

De acordo com a mesma fonte da PSP, não chegou a haver perseguição policial. Quando os agentes chegaram ao local, depois do alerta, os três homens já ali não se encontravam.

O Expresso não conseguiu apurar o montante do assalto.