Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

E o melhor Edifício do Ano é...o Terminal de Cruzeiros de Leixões

Lucília Monteiro

Arquitetura portuguesa segue em alta ao vencer dois dos prémios internacionais do prestigiado site ArchDaily. O Terminal de de Cruzeiros de Leixões venceu na categoria de melhor edifício público e a Casa Cabo de Vila, em Bitarães, Paredes, na categoria 'Casas'

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

O site de arquitetura mais visitado do mundo anunciou, esta terça-feira, a lista de 16 edifícios mais belos do de 2017, escolhidos em função dos votos de mais de 75 mil pessoas em todo o ano. Entre os três mil edifícios selecionados, o belo Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, da autoria do do arquiteto Luís Pedro Silva, venceu na categoria de melhor 'Edifício Público', prémio que se junta às distinções de 'Melhor Porto do Ano', da Seatrade Awards 2015, o tributo da 'AZAwards', prestigiada competição canadiana que todos os anos elege o que de melhor se faz no mundo ao nível da arquitetura e design, ou a classificação como 'Melhor Projeto Público da Revista Construir.

Para Emílio Brògueira Dias, presidente da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), a reconhecimento do branco Terminal de linhas em espiral, construído a 700 metros da costa, em Matosinhos, vem contribuir “sem dúvida, para a projeção do Porto de Leixões e para a Área Metropolitana do Porto a nível mundial”.

DR

Distinguida no topo da categoria 'Casas' do ArchDaily figura ainda a moradia particular Casa Cabo de Vila, em Bitarães, um projeto de um atelier de arquitetura de Paredes, a Sapceworkers, que acabou por ser eleito o melhor entre cinco finalistas. A Sapceworkers, atelier criativo de arquitetura e design de mobiliário de Carla Duarte, Henrique Marques e Rui Dinis, repete o prémio na categoria já havia vencido em 2015.