Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Morreu o ator John Hurt

Vittorio Zunino Celotto/GettyImages

Conhecido por filmes tão emblemáticos como “O Homem Elefante”, “O Expresso da Meia-Noite” e “O Espião que Sabia Demais”, o ator britânico tinha 77 anos

Morreu o ator britânico John Hurt, vítima de cancro. Um tumor no pâncreas fora-lhe diagnosticado em 2015. A morte foi confirmada este sábado pelo seu agente. Hurt tinha 77 anos.

Nascido a 22 de janeiro na cidade inglesa de Derbyshire, o ator ficou conhecido pelos papéis representados em filmes como "O Homem Elefante", "O Expresso da Meia-Noite", "O Espião que Sabia Demais", "Alien - O Oitavo Passageiro" - ficou famosa a cena em que um monstro lhe sai de dentro do corpo - e "Harry Potter". Ao todo, participou em 140 filmes.

“Jackie”, filme estreado em 2016 sobre a viúva do Presidente Kennedy, foi um dos seus últimos trabalhos no grande ecrã.

John Hurt, nomeado duas vezes para os Óscares, foi distinguido com o título de "Cavaleiro", concedido pela Rainha Isabel II aos cidadãos de grande relevância. Conquistou também dois Bafta, o mais alto galardão do cinema britânico.

Pela sua voz característica, com tom grave, foi várias vezes escolhido como narrador. Gostava de fazer coisas diferentes e dizia com frequência estar disponível e aberto para experimentar todos os géneros cinematográficos: “Tudo me interessa. Sou fundamentalmente um ator de aluguer”.

Na vida pessoal, lutou contra o alcoolismo e foi-lhe difícil superar a morte acidental da namorada, a modelo francesa Marie-Lise Volpelière-Pierrot, em 1983.

Hurt teve quatro casamentos e dois filhos.