Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Chuva vai regressar e manter-se até domingo

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Desengane-se se espera que o tempo molhado irá levar embora o frio. A subida das temperaturas será muito ligeira e a chuva, que chega já esta terça-feira a alguns pontos do país, ganhará intensidade na quinta-feira

A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir, de acordo com a Paula Leitão meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo a especialista, a partir do início da tarde desta terça-feira o céu tornar-se-à muito nublado, com possibilidade de chuva fraca nas regiões do Norte e Centro a partir da tarde, sendo de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela.

"Hoje (terça-feira) ainda vamos ter um dia de sol. Amanhã [quarta-feira] já vamos ter nebulosidade, chuva fraca nas regiões do Norte e Centro a partir de tarde, que será de neve na Serra das Estrela, mas na quinta-feira a chuva já vai ser mais intensa e em todo o território continental", adiantou.

Paula Leitão indicou também que com a chuva, as temperaturas mínimas vão ter uma subida, mas muito ligeira, de 2 a 3 graus. As máximas não vão sofrer alterações em relação aos últimos dias.

“Vai subir, mas ainda vamos ter em alguns locais temperaturas negativas. Por exemplo hoje temos -4 graus Celsius em Bragança e quarta-feira -1”, disse.

De acordo com a meteorologista do IPMA, está previsto também neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e formação de gelo e geada, em especial nas regiões do interior.

“Na quinta-feira, vamos ter chuva intensa, sendo persistente a partir da tarde, queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela, descendo gradualmente a quota para os 1.400 metros”, disse.

Paula Leitão acrescentou que a previsão aponta também para vento fraco a moderado do quadrante sul, sendo forte e com rajadas da ordem dos 90 quilómetros por hora nas terras altas.
“A tendência é para a continuação de chuva pelo menos até domingo”, disse.