Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Ricardo Salgado está a ser ouvido no DCIAP

Luís Barra

O ex-líder do BES foi constituído arguido e está a ser interrogado no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), no âmbito da Operação Marquês, notícia confirmada pelo Expresso e avançada em primeira mão pela SIC Notícias

Ricardo Salgado, antigo presidente do Banco Espísito Santo, está a ser ouvido no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), onde responde a perguntas do procurador Rosário Teixeira e do inspetor da Autoridade Tributária Paulo Silva.

A notícia foi avançada em primeira mão pela SIC Notícias e entretanto já confirmada pelo Expresso.

Uma nota da Procuradoria-geral da República enviada às redações confirma que Salgado foi constituído arguido no âmbito da Operação Marquês e é suspeito da prática de crimes de corrupção, abuso de confiança, tràfico de influência, branqueamento e fraude fiscal qualificada.

Segundo a SIC, a presença do ex-banqueiro no DCIAP prende-se com dúvidas dos investigadores quanto à proveniência do dinheiro das contas de Carlos Santos Silva, amigo do ex-primeiro-ministro José Sócrates. A investigação suspeita que grande parte dos 20 milhões de euros encontrados nas contas de Santos Silva tenham tido proveniência de sociedades com ligação ao Grupo Espírito Santo (GES).