Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Helder Bataglia depôs sobre a Operação Marquês e evitou mandados de detenção

tiago miranda

O empresário foi ao DCIAP falar no âmbito da operação que investiga José Sócrates e garante que não é alvo de quaisquer mandados de detenção

O empresário Helder Bataglia foi ouvido pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) para um interrogatório complementar no âmbito da Operação Marquês, tendo-se apresentado nessa diligência “voluntariamente”, segundo fez saber, em comunicado, o seu advogado, Rui Patrício.

O advogado de Helder Bataglia informou ainda que “foi mantido o termo de identidade e residência já antes prestado, e não foram determinadas outras medidas de coação, não existindo quaisquer mandados de detenção, nacional ou internacional”.

O comunicado surge depois de este sábado o “Correio da Manhã” ter noticiado que Bataglia aceitou falar ao Ministério Público, obtendo a garantia de que não iria enfrentar o juiz Carlos Alexandre para aplicação de medidas de coação mais graves, e de que os mandados de detenção existentes seriam anulados.

“Helder Bataglia mantém a sua disponibilidade para (continuar a) prestar às autoridades judiciárias a colaboração considerada necessária”, conclui o comunicado enviado pelo advogado Rui Patrício.