Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Pulso meu, há alguém mais gordo do que eu?

A Touch é uma pulseira desportiva carregada de funcionalidades interessantes… Mas exige alguma paciência na configuração inicial

Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

As pulseiras de fitness são os wearables mais vendidos em Portugal – 70% dos 117 mil dispositivos deste género vendidos no mercado nacional no ano passado, de acordo com os dados da IDC –, pelo que as marcas digladiam-se nesta arena empunhando a bandeira da inovação. É o caso deste Touch, que a TomTom apresenta como o primeiro monitor de fitness do mercado que combina a análise da composição corporal (a funcionalidade só costuma ser disponibilizada em balanças inteligentes) com a monitorização de passos, horas de sono e ritmo cardíaco a partir do pulso. Ou seja, com um toque num botão podemos ter uma leitura imediata da percentagem de gordura corporal e de massa muscular do nosso corpo e ter noção se os exercícios físicos que faremos no futuro terão os efeitos desejados.

Mas não pense que é só colocar a pulseira e carregar num botão. Antes disso, tem de descarregar a aplicação TomTom MySports para o smartphone ou, em alternativa, descarregar o programa MySports Connect para o computador. De seguida, terá de inserir os dados relativos a idade, peso e altura. A partir daí está pronto para iniciar a monitorização, mas terá de seguir determinados parâmetros: o equipamento tem de ser colocado acima do osso do pulso (uma localização pouco prática para uma utilização quotidiana); não pode tocar na parte lateral do corpo com os braços nem tocar com os pulsos e mãos uns nos outros; e tem de posicionar o dedo indicador no botão da pulseira de modo a formar uma linha reta com o ecrã, certificando-se que cobre todo o botão com o dedo. Ufa…

Parece muita coisa? E é, mas inicialmente não fomos rigorosos e achámos que podíamos saltar etapas. Resultado: acabámos sempre com leituras incorretas. Cumpridos os parâmetros, a leitura é correta, mas não podemos ver o resultado na Touch, temos de recorrer à app. Refira-se que, para chegar ao resultado final, a pulseira liberta um impulso elétrico e, tendo em conta as nossas experiências passadas, a precisão parece-nos correta.

Excessivamente dependente da app

Apesar de não proporcionar uma experiência perfeita, ficámos satisfeitos com a funcionalidade diferenciadora da Touch. Mas e o resto? Que mais podemos encontrar? Bem, temos as mais tradicionais monitorizações de passos, horas de sono, calorias queimadas e ritmo cardíaco – parâmetros que podem ser consultados no ecrã. A isto junta-se um modo de desporto, que, ao ser acionado, começa a monitorizar a duração da atividade física, as calorias gastas e o ritmo cardíaco. A análise gráfica dos dados pode ser consultada na app e é até possível definir objetivos: número de passos diários e/ou semanais, quilómetros a correr, etc. Esta definição de objetivos é particularmente relevante porque tem impacto não só no tipo de dados que a Touch vai guardar como na que vai ser exibida logo no ecrã inicial do equipamento, portanto comece logo por definir se é um corredor, ciclista ou atleta de ginásio, por exemplo (se usar o perfil de ginásio para correr, os dados relativos à distância não serão guardados).

Esta TomTom também permite receber notificações de chamadas e SMS. Porém, limita-se a vibrar uma vez e a mostrar o respetivo ícone, não acrescentando mais nenhuma informação, o que nos pareceu escasso, até porque o telefone pode estar a tocar 30 segundos e ele apenas vibra uma única vez. A isto junta-se o facto de as notificações apenas funcionarem se a app estiver aberta, já que a ligação por Bluetooth é insuficiente. Soube-nos a pouco, uma sensação que se repete em relação ao design, que não nos cativou particularmente. Refira-se que a bracelete é de silicone e que o módulo do ecrã é destacável. A Touch tem certificação IPX7, o que significa que tem uma resistência limitada à água, ou seja, é à prova de salpicos e do chuveiro, mas não pode ser usada para a natação. Por fim, refira-se que a TomTom aponta para uma autonomia de 5 dias e foi precisamente essa a capacidade da bateria que verificámos no nosso teste.

CARACTERÍSTICAS PULSEIRA TOUCH

Preço: €149
Ecrã: 5,5x22,3 mm (128x32 píxeis)
Monitorização: passos, minutos em atividade, distância caminhada, calorias queimadas e sono
Memória: 4 MB
Autonomia anunciada: 5 dias de monitorização
Certificação: IPX7
Peso do módulo (sem pulseira): 10 g