Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Vítima de sequestro encaminhada em estado grave para o Hospital de Santa Maria

A mulher que foi alegadamente raptada em Grândola “encontra-se em situação crítica, em estado grave”, disse à Lusa fonte oficial do INEM

A mulher que foi alegadamente raptada em Grândola, distrito de Setúbal, e encontrada esta sexta-feira, foi encaminhada em estado crítico para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, disse à Lusa fonte oficial do INEM.

Segundo a mesma fonte, o INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica) recebeu uma chamada pelas 7h15 para assistir uma "vítima de cerca de 40 anos em estado crítico com uma lesão ao nível do tórax".

"Encontra-se em situação crítica, em estado grave", acrescentou.

A mulher que estava desaparecida desde o início desta semana foi encontrada esta sexta-feira com vida, na companhia do ex-companheiro, "mas maltratada". O homem foi detido.

A mesma fonte do INEM disse ainda à Lusa ter havido uma tentativa de transportar a mulher para Lisboa de helicóptero, mas as condições meteorológicas não permitiram, pelo que, seguiu por "via terrestre".

No local estiveram a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Litoral Alentejano e elementos dos Bombeiros Voluntários de Grândola.

A Lusa contactou, pelas 10h55, uma fonte do Hospital de Santa Maria, que confirmou que estavam à espera da mulher, que ainda não tinha dado entrada.