Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Papa em Fátima terá “cuidado especial” na segurança, diz Governo

Franco Origlia / Getty Images

Francisco será o quarto Papa a visitar Portugal, depois de Paulo VI – 50 anos das aparições –, João Paulo II (12/15 de maio de 1982, 10/13 de maio de 1991 e 12/13 de maio de 2000) e Bento XVI (11/14 de maio de 2010)


A ministra da Administração Interna garante que a visita do Papa a Fátima, em maio de 2017, está a ser planeada com “cuidado especial”.

“Naturalmente que está previsto um cuidado especial. A planificação de toda a segurança inerente a esta visita do Papa está a ser planeada há muitos meses e coordenada pela senhora secretária-geral do Sistema de Segurança Interna”, disse esta quarta-feira Constança Urbano de Sousa, à margem da inauguração do posto da GNR de Porto de Mós, no distrito de Leiria.

A ministra acrescentou que as medidas de segurança envolvem “todas as forças e serviços de segurança, embora com especial destaque para a GNR, que é territorialmente competente na zona de Fátima”.

Todos “estão a trabalhar no sentido de assegurar as condições de segurança para essa visita, incluindo o controlo das fronteiras”, reforçou.

No anúncio oficial, o Vaticano disse que “por ocasião do centenário das Aparições da Bem-Aventurada Virgem Maria na Cova da Iria e acolhendo o convite do Presidente da República e dos Bispos portugueses, Sua Santidade o Papa Francisco irá em peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima de 12 a 13 de maio de 2017”.