Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

PSP destruiu mais de seis mil armas na quinta-feira

Marcos Borga

Durante o ano de 2016, a PSP levou a cabo sete destruições de armas, num total de cerca de 24.000 armas de fogo e armas brancas

A PSP destruiu na quinta-feira mais de seis mil armas de fogo e armas brancas, declaradas como perdidas a favor do Estado no âmbito de processos-crime, contraordenação ou administrativos, adiantou hoje aquela força de segurança.

Em comunicado, a PSP informou que a Direção-Nacional, através do seu Departamento de Armas e Explosivos, procedeu na quinta-feira, numa empresa especializada, à destruição de um total de 6.123 armas de fogo e armas brancas.

"As armas a destruir foram declaradas como perdidas a favor do Estado no âmbito de processos-crime, contraordenação ou administrativos, depois de terem sido apreendidas pela Polícia de Segurança Pública e demais autoridades policiais, a nível nacional, no decorrer da sua missão preventiva em especial, da comissão de crimes violentos com o emprego de armas de fogo e demais ilícitos conexos", explicou a PSP.

Aquela força de segurança sublinhou ainda que do lote fazem parte armas entregues voluntariamente ao Estado pelos seus proprietários ou por quem as encontrou.

A PSP adiantou ainda que durante o ano de 2016, levou a cabo sete destruições de armas, num total de cerca de 24.000 armas de fogo e armas brancas.