Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Isabel Aldir é a nova diretora do Programa Nacional para a Infeção VIH/Sida

Nova responsável vem da equipa do seu antecessor, que pediu demissão por motivos familiares. Prevenção deverá continuar a ser a palavra de ordem

A nova responsável do Programa Nacional para a Infeção VIH/Sida será Isabel Aldir, escolha que representa uma continuidade em relação ao antecessor, Kamal Mansinho, que ficou menos de deis meses à frente do projeto. Com 52 anos, natural do Barreiro, Aldir é médica infeciologista e vem do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental/Egas Moniz, o mesmo hospital que o seu antecessor, Kamal Mansinho. Foi lá que durante quase três décadas contactou com os doentes infetados pelo vírus VIH. Há três anos, Isabel Aldir dizia mesmo ao "Diário de Notícias" que, apesar de ser diretora médica, começava sempre o dia com consultas porque não queria "perder o contacto direto com os doentes".

Kamal Mansinho apresentou há menos de um mês a demissão do cargo de diretor do Programa Nacional para a Infeção VIH/Sida e do Programa para a área das hepatites virais, invocando motivos pessoais e familiares.Na altura da sua nomeação, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, justificara a sua escolha com a necessidade de renovar a estratégica portuguesa contra o VIH. "O Doutor Kamal Mansinho tem o conhecimento técnico e científico, muita credibilidade na área e um grande enfoque nas questões da prevenção, que queremos privilegiar", explicou em o secretário de Estado em Maio deste ano.