Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Votação online em curso: Guterres e Marcelo taco a taco na escolha dos eleitores do Expresso

O secretário-geral da ONU e o Presidente da República disputam a eleição como figura nacional do ano nas preferência dos leitores do Expresso. Trump tem vantagem muito confortável como figura internacional. A vitória de Portugal no europeu de futebol e as eleições nos EUA lideram nos acontecimentos (nacional e internacional). A votação está aberta até às 18h desta sexta-feira

Ao fim de praticamente um dia de votação dos leitores do Expresso, a eleição de figura nacional de 2016 tornou-se numa luta renhida entre António Guterres e Marcelo Rebelo de Sousa.

Tendo estado ao longo desta quarta praticamente empatados durante largas horas, às 17h48 a liderança pertencia ao novo secretário-geral da ONU, com 39,01% das preferências. O Presidente da República contava 33,56% dos votos. Atrás de Guterres e de Marcelo, estava António Costa, com 13,49%.

A escolha de figura nacional é a mais equilibrada na votação dos leitores, iniciada na terça-feira pouco antes das 21 horas. Já a figura internacional regista o maior desequilíbrio, com uma clara vantagem do novo presidente dos EUA, Donald Trump (69,07%). Bem distantes estão o presidente colombiano e Prémio Nobel da Paz, Juan Manuel Santos (12,71%) e Angela Merkel (7,56%).

Já nos acontecimentos, tanto no plano nacional como internacional, há vantagens claras da vitória de Portugal no Euro 2016 e das eleições nos EUA (mas com distâncias inferiores à já ganha por Trump).

Assim, a conquista do europeu de futebol merece a preferência de 45,11% dos leitores do Expresso. Segue-se a eleição de António Guterres como secretário-geral da ONU (29,63%) e a consolidação da geringonça (18,86%).

No panorama internacional, as eleições nos EUA merecem 34,71% dos votos, seguidas da vaga de refugiados na Europa (20,87%) e do Brexit (18,86%).

Até às 18h desta sexta-feira, os leitores podem fazer a sua eleição, escolhendo entre os mesmos acontecimentos e figuras que foram sufragados pela redação do Expresso (num plenário realizado nesta terça-feira).

Diariamente, faremos o ponto da situação da votação dos leitores.

Em baixo, pode votar nas figuras e acontecimentos, nacionais e internacionais, de 2016. Nas quatro categorias, pode escolher um dos nomeados (após cada um dos "boletins de voto" segue-se um pequeno texto de fundamentação de cada um dos nomeados).