Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Proteção Civil alerta para risco de inundações e queda de árvores

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

A previsão de mau tempo diz respeito sobretudo às madrugadas de quarta e quinta-feira. A situação só deverá aliviar na sexta-feira

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou esta terça-feira para a possibilidade de inundações, formação de lençóis de água e queda de ramos ou árvores devido à previsão de chuva e vento fortes nas madrugadas de quarta e quinta-feira.

O aviso à população foi emitido na sequência da informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que prevê a ocorrência de precipitação temporariamente forte, em especial no litoral, durante o período entre as 03:00 e as 09:00.

No final do dia de hoje, já é esperado que o vento do quadrante Sul se intensifique no litoral e nas terras altas e que durante a manhã de quarta-feira possam ocorrer rajadas, com tendência para enfraquecer de intensidade durante a tarde.

Para a madrugada de quinta-feira, o IPMA prevê uma situação semelhante à do dia anterior: precipitação forte e intensificação do vento, com tendência a aliviar na sexta-feira.

Ainda na quarta e na quinta-feira, deverá cair neve na Serra da Estrela, entre os 1.200 e 1.400 metros.

Face a estas condições meteorológicas, a ANPC alerta para o risco de estradas escorregadias, formação de lençóis de água e gelo e possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem.

São ainda expectáveis inundações por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis, inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem, bem como danos em estruturas montadas ou suspensas.

A ANPC alerta ainda para a possibilidade de queda de ramos ou árvores devido aos ventos fortes e para o risco de acidentes na orla costeira.

Perante estes riscos, a autoridade de proteção civil deixa algumas recomendações de cautela para minimizar o impacto do mau tempo, nomeadamente a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de lixo que possa ser arrastado ou possa criar obstáculos ao livre escoamento da água.
Aos condutores é recomendada uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a acumulação de neve ou a formação de lençóis de água.

A ANPC aconselha a população a evitar atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas.

Colocar correntes de neve nas viaturas, fixar adequadamente estruturas soltas, tais como andaimes, placards e outras estruturas suspensas, ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, devido ao risco de queda de ramos e árvores, evitar ou ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas, por risco de galgamentos costeiros, são outros dos avisos deixados pela ANPC.

A proteção civil aconselha ainda a que não se pratiquem atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima.