Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Jiadista de Aveiro detido em França viajava por toda a Europa

Marroquino Hicham El Hanafi, um dos sete alegados terroristas detidos no último fim de semana em Marselha e Estrasburgo, foi identificado “há vários meses” quando viajava com um passaporte francês falso

Chama-se Hicham El Hanafi, o marroquino de 26 anos que vivia em Aveiro e foi detido este fim de semana numa operação antiterrorista da polícia francesa, que deteve mais seis alegados jiadistas que se preparavam para levar a cabo atentados terroristas.

O suspeito viajava por toda a Europa, já que detinha residência oficial em Portugal, depois de ter pedido asilo político às autoridades de Lisboa em 2014.

O "Le Parisien" avança que Hanafi foi detetado numa dessas viagens com passaporte falso francês, quando tentava entrar na Grã Bretanha. Uma informação confirmada ao Expresso por fontes oficiais próximas da investigação.

Hanafi foi identificado "há largos meses" pelo SIS e PJ, mais concretamente no verão de 2015, por eventuais ligações a atividades próximas do Daesh. Em Aveiro terá tentado recrutar pessoas para a causa terrorista, mas não estava sozinho. Pelo menos mais uma pessoa da mesma nacionalidade fez parte do grupo de recrutamento, que aliciava através da Internet e em pequenos estabelecimentos comerciais.

Ainda de acordo com o "Le Parisien", Hanafi foi detido este sábado em Marselha, onde estava hospedado em casa de um amigo de nacionalidade afegã. E será também responsável por recolher dinheiro para a compra de armas para esta célula terrorista.