Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Diretor do Programa Nacional para a Infeção VIH/Sida demite-se

Kamal Mansinho estava no cargo desde maio deste ano

Kamal Mansinho demitiu-se do cargo de diretor do Programa Nacional para a Infeção VIH/Sida e Tuberculose, esta segunda-feira. O infeciologista tinha assumido funções há seis meses, após a saída do médico António Diniz.

Ao que Expresso apurou junto da Direção-Geral da Saúde, Kamal Mansinho justificou o pedido de demissão com razões pessoais. Para esta terça-feira estava agendada uma sessão de esclarecimento aos jornalistas sobre o VIH/Sida, que entretanto foi cancelada.

Em maio, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, anunciou Kamal Mansinho como novo diretor do programa e salientou a necessidade de renovar a estratégia portuguesa contra o VIH. “O doutor Kamal Mansinho tem o conhecimento técnico e científico, muita credibilidade na área e um grande enfoque nas questões da prevenção, que queremos privilegiar”, explicou Fernando Araújo.

O infeciologista acompanha a evolução do vírus há muitos anos e é reconhecido pela atividade no terreno.