Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Mais de um milhão de portugueses já vacinados contra a gripe

O vírus da gripe muda constantemente, pelo que a vacina criada todos os anos é especificamente para aquela altura e a imunidade conferida não é duradoura

Justin Sullivan/Getty Images

Primeiro relatório sobre a época gripal deste ano mostra que os idosos são o grupo prioritário que mais tem aderido à imunização

No total, são 1,1 milhões de portugueses com mais de 60 anos que já se vacinaram contra a gripe. O número indica uma adesão de 22% da população entre os 60 e os 64 anos e de 48,6% entre quem tem 65 ou mais anos, um dos grupos de risco identificados pela Direção-Geral da Saúde e que tem até ao momento a maior adesão à vacina.

Segundo os dados divulgados no "Vacinómetro" – um projeto da Sociedade Portuguesa de Pneumologia e da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, com o apoio do laboratório Sanofi Pasteur MSD –, estão igualmente já protegidos contra o vírus 42% dos doentes crónicos e 34% dos profissionais de saúde que têm contacto direto com doentes. No conjunto destes grupos populacionais mais sujeitos às complicações da gripe e por isso com indicação prioritária para imunização, 19,7% tomou a vacina pela primeira vez e a maioria (80,3%) repetiu a vacinação feita em outonos anteriores.

Os peritos revelam ainda que 30,6% dos portugueses nos grupos prioritários para vacinação têm intenção de tomar a vacina, sobretudo quem tem mais de 65 anos.

Mais vacinas gratuitas

A campanha de vacinação contra a gripe deste outono teve início a 1 de outubro com a distribuição gratuita nas unidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 1,2 milhões de doses. Um investimento público de cerca de três milhões de euros.

Nesta época gripal, a imunização será assegurada pelo SNS a mais portugueses. Aos idosos com 65 ou mais anos, pessoas institucionalizadas, doentes crónicos e imunodeprimidos, grávidas e profissionais de saúde, juntam-se agora doentes a aguardar transplante, sob quimioterapia, com trissomia 21, fibrose quística, doença neuromuscular ou com défice de alfa-1 antitripsina.