Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Mandado de captura europeu para o fugitivo de Aguiar da Beira

DR

Pedro Dias, o homem mais procurado do país, está também na mira das autoridades fora de Portugal. Foi emitido um mandado de captura europeu em seu nome logo no dia seguinte à fuga do alegado homicida

As autoridades portuguesas emitiram um mandado de detenção europeu para Pedro Dias, suspeito de matar um militar da GNR e um civil e ferir gravemente outras duas pessoas. A informação foi avançada pela SIC Notícias.

O Expresso confirmou junto de fonte da Polícia Judiciária que Portugal acionou este mecanismo de cooperação policial internacional logo no dia seguinte à fuga de Pedro Dias. Mais concretamente a 12 de outubro.

Segundo o "Jornal de Notícias", o pedido foi efetuado pela Polícia Judiciária ao Ministério Público do Tribunal da Guarda que tramitou o procedimento burocrático com vista à emissão do chamado MDE (Mandado de Detenção Europeu).

"É um procedimento normal nestas situações", disse fonte da PJ à agência Lusa.

Embora contraditórias, as últimas informações davam conta de que o fugitivo português teria sido visto por várias pessoas perto de Ourense, na Galiza. Um dado que não foi confirmado oficialmente pela GNR e PJ de Vila Real.

As autoridades não descartam a hipótese de Pedro Dias já estar fora do território português, considerando no entanto esse cenário como "pouco provável", dado que a fuga para o estrangeiro implica maiores riscos para o homem que é procurado há mais de duas semanas.