Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Toyota vai recolher mais de 31 mil carros em Portugal

Jacky Naegelen/Reuters

Em causa estão novamente os problemas nos airbags. Hilux, Auris, Corolla e Yaris são os modelos em causa

A Toyota Caetano Portugal anunciou esta quarta-feira que vai contactar os proprietários de 31.383 viaturas para recolher as mesmas e efetuar a substituição de airbags potencialmente perigosos.

A nível mundial serão recolhidas 5,8 milhões de viaturas (1,47 milhões na Europa), numa decisão tomada após problemas com os airbags Takata terem estado associados a 16 mortes, a maioria das quais nos Estados Unidos.

O problema está relacionado com um composto químico que pode explodir, caso seja alvo de pressão excessiva, após ter estado exposto ao calor durante um longo período.

“No seguimento de campanhas de serviço anteriores, referentes aos airbags do condutor e passageiro, e por medida de precaução, a Toyota decidiu alargar a gama de viaturas abrangidas. Os veículos em causa estão equipados com um airbag do condutor e/ou passageiro de origem Takata, que em caso de deflagração do mesmo, resultante de um acidente, pode existir a possibilidade de rutura do sistema pirotécnico do airbag, reduzindo a sua eficácia”, refere o comunicado Toyota Caetano Portugal.

Hilux (KUN 25, 26 e 35), Auris (E15), Corolla (E15) e Yaris (P13 e P90) são os modelos que serão recolhidos no nosso país: 21.971 para substituição do airbag do passageiro e 9412 para substituição do airbag do condutor.

Os proprietários serão contactados por carta registada no sentido de entregarem as suas viaturas, para ser efetuada a reparação que “tem a duração de cerca de uma a três horas, dependendo do modelo, e não comporta nenhum custo para o cliente”, refere ainda o comunicado.

A primeira recolha de viaturas devido a problemas nos airbags Takata ocorreu em 2010. O anúncio desta quarta-feira eleva para 23,1 milhões o número de airbags substituídos em viaturas de várias marcas em todo o mundo.