Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Buscas por “Piloto”: mais discrição não significa menor vigilância

  • 333

PAULO NOVAIS / Lusa

Forças policiais presentes em quatro aldeias de Vila Real continuam à procura do fugitivo Pedro Dias, mas optaram esta manhã diminuir o aparato para sossegar a população local, maioritariamente constituída por pessoas idosas, ansiosas e intranquilas

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

As autoridades nacionais continuam fortemente empenhadas na busca do suspeito dos crimes em Aguiar da Beira, mesmo que esta manhã possa parecer que essa procura foi aligeirada.

Em fuga há mais de uma semana, Pedro Dias continua a escapar aos vários cercos já realizados pela GNR e PSP, que esta terça-feira reforçaram as operações de busca na zona do distrito de Vila Real onde pensam que o suspeito ainda se encontre, depois de ter sido avistado em Constantim e Assento.

Esta manhã, porém, a presença de elementos da Guarda Nacional Republicana e de polícias naquelas duas aldeias, bem como nas poviações vizinhas de Carro Queimado e Panoias, todas situadas a cerca de sete quilómetros de Vila Real, está muito menos evidente.

Aníbal Carvalho, um dos guardas da GNR de patrulha na zona, disse ao Expresso que neste momento as forças presentes no terreno continuam atentas mas preferiram diminuir a sua visibilidade, optando por um patrulhamento mais discreto. Esta decisão terá tido em conta, também, a ansiedade e intranquilidade muito evidentes pela população local, maioritariamente constituída por pessoas idosas.

O Expresso pôde constatar este menor aparato policial: em diversos percursos de automóvel feitos esta manhã pela zona onde as buscas se mantêm, apenas se cruzou com um jipe da GNR, com dois elementos no seu interior, e uma viatura da PSP, com quatro agentes.

Pedro Dias é o suspeito de ter assassinado um militar da GNR e um civil na madrugada de 11 de outubro em Aguiar da Beira, distrito da Guarda, e de ter baleado um outro GNR e uma civil. Ambos ficaram feridos com gravidade, sendo que a mulher permanece em risco de vida.