Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Três detidos após buscas na PSP e organismos relacionados com cartas de condução e multas

  • 333

Um dos detidos é um funcionário civil da PSP, confirmou ao Expresso fonte policial. PSP investiga rede de corrupção em processos de contraordenação

Três pessoas foram esta manhã detidas pela PSP no âmbito das buscas domiciliárias efetuadas à vários organismos públicos por suspeitas de corrupção, falsificação de documentos e associação criminosa, disse à Lusa fonte da polícia.

Segundo fonte oficial, trata-se de uma investigação da PSP que investiga “uma alegada rede de corrupção em processos de contraordenação.”

O porta-voz da direção nacional da polícia refere que um dos detidos é um funcionário civil da própria PSP.

As 31 buscas a residências, instalações e viaturas da PSP estão a decorrer nas instalações de Lisboa da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), Divisão de Trânsito da PSP de Lisboa, Departamento de Gestão Financeira da PSP e Polícia Municipal de Lisboa, disse à Lusa o porta-voz do Comando Metropolitano de Lisboa (COMETLIS) da PSP.

As instalações do IMT estão encerradas enquanto decorrem estas operações.

Já na ANSR, uma fonte oficial confirmou ao Expresso as buscas policiais que decorrem desde manhã cedo. "Estamos a prestar toda a colaboração que nos está a ser solicitada pelas autoridades".

A PSP prepara-se para dar uma conferência de imprensa sobre o assunto durante esta tarde.