Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

GNR suspende buscas em São Pedro do Sul por suspeito de homicídio. “Ponderámos as informações recolhidas”

  • 333

PAULO NOVAIS/ Lusa

Homem em fuga é suspeito do homicídio de um militar da GNR e do ferimento de outro em Aguiar da Beira

A Guarda Nacional Republicana suspendeu as buscas em São Pedro do Sul para encontrar o suspeito de ter disparado sobre dois militares, causando a morte de um e ferimentos graves no outro. Esta quarta-feira, pelas 19h15, as autoridades deram por terminadas as operações entre São Pedro do Sul e Arouca.

“Com base nos trabalhos destes últimos dias, ponderámos as informações recolhidas e achamos que para já deveríamos suspender a operação. No entanto, as buscas vão continuar noutros locais, tal como a investigação que está entregue à Polícia Judiciária”, confirma ao Expresso o major Pedro Gonçalves.

Apesar da suspensão das operações de busca, “alguns meios vão ficar no local até que o suspeito seja capturado” e as patrulhas de proximidade vão continuar. As autoridades apelam à população para se manter atenta no dia a dia e, em caso de alguma atividade estranha, devem contactar a GNR. Até agora, estiveram implicados nas buscas cerca de 200 militares.

Esta terça-feira de madrugada, durante uma normal operação de patrulhamento, dois militares foram atingidos a tiro - um deles morreu. Mais tarde, durante as buscas, as autoridades encontraram no local mais duas vítimas civis: uma gravemente ferida e outra já morta. Embora ainda não tenha sido oficialmente confirmada a ligação entre ambos os casos, as autoridades admitem que existe uma “forte probabilidade” de conexão.