Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Quem quiser listas telefónicas tem de pedir até 16 de novembro

  • 333

“As listas telefónicas apenas serão entregues às pessoas que as solicitem previamente e de forma expressa, que as receberão de forma gratuita no caso de se tratar da lista da sua área de residência”, adiantou a Anacom

O prazo para pedir as listas telefónicas impressas para 2017 ao prestador do serviço universal responsável Meo, arrancou esta segunda-feira e termina a 16 de novembro, anunciou esta segunda-feira o regulador das comunicações Anacom.

Segundo a Autoridade Nacional de Comunicações, o pedido de listas telefónicas pode ser feito através do número de telefone 808 204 204 ou através da Internet em www.118net.pt.

“As listas telefónicas apenas serão entregues às pessoas que as solicitem previamente e de forma expressa, que as receberão de forma gratuita no caso de se tratar da lista da sua área de residência”, adiantou o regulador.

“Quem precisar de mais listas, de outras regiões, também terá que as solicitar, podendo suportar despesas com portes e expedição se as quiser receber na morada indicada por si. Caso prefira levantá-las nas duas lojas da Meo disponíveis para o efeito, uma em Lisboa e outra no Porto, e desde que o indique previamente, também o poderá fazer e nesse caso sem quaisquer custos”, acrescentou.

A Meo venceu o concurso público lançado pelo Governo para atribuição do serviço universal de disponibilização de uma lista telefónica completa e de um serviço completo de informação de listas.

“Assim, terá que disponibilizar anualmente listas impressas que abrangem todos os assinantes de serviços telefónicos (fixos e móveis), incluindo clientes de outros operadores sem ser da MEO, desde que tenham autorizado a inclusão dos seus dados.

A MEO deve também disponibilizar a lista telefónica em formato eletrónico - em www.118net.pt - e disponibilizar os dados da lista através de um serviço de informações (número 118), cuja utilização tem um custo associado”, disse.