Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Um morto em despiste de autocarro junto de paragem em Matosinhos

  • 333

Um autocarro desgovernado invadiu uma paragem em Matosinhos, na Av. Eng. Duarte Pachedo, e provocou a morte a uma mulher, além de fazer ferimentos graves numa outra idosa

Segunda a Proteção Civil de Matosinhos, na origem do acidente, que ocorreu às 15h22, esteve o abalroamento da paragem junto ao Mercado de Matosinhos por um autocarro de passageiros da Resende, que só ficou imobilizado quando embateu noutro veículo de transporte coletivo, da Valpi, que por sua vez chocou contra um terceiro autocarro da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto.

A vítima mortal e os restantes quatro feridos (um dos quais em estado grave) encontravam-se na paragem, situada próxima da estação do Metro, na Avenida Engenheiro Duarte Pacheco. As vítimas estão a ser assistidas no local por várias viaturas de socorro.

A mulher mortalmente atingida tinha 70 anos, idade aproximada do outro ferido grave, também do sexo feminino, igualmente colhido pelo autocarro na paragem do Mercado. O acidente provocou ainda ferimentos ligeiros a um homem de 26 anos que se encontrava na proximidade da estação, enquanto os dois outros feridos ligeiros são o motorista do autocarro da Resende que provocou o acidente e o condutor do veículo de passageiros da Valpi que travou o despiste.

Tanto a ferida grave como os motoristas foram conduzidos para o Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, segundo a Proteção Civil local. A causa do acidente não é ainda conhecida e a PSP está no local a tentar apurar as circunstâncias em que se deu o acidente. "Foi chamado ao local o Núcleo de Investigação da PSP, que está neste momento a fazer perícias", indica Susana Gonçalves, comandante operacional e chefe de Divisão da Proteção Civil da Câmara de Matosinhos, em declarações à Lusa.

[Notícia atualizada às 17h06]