Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

PJ e PSP fazem buscas domiciliárias no Bairro da Torre, em Camarate

  • 333

Uma fonte do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa diz que os seus agentes estão a apoiar e manter a ordem pública no bairro do concelho de Loures durante uma operação da PJ, mas a SIC Notícias refere que que as buscas estão relacionadas com o crime ocorrido na sexta-feira no Porto Alto

A Polícia Judiciária (PJ) e a PSP estão a efetuar uma operação policial no Bairro da Torre em Camarate, disse à Lusa fonte policial. O Comando Metropolitano da PSP de Lisboa (COMETLIS) adiantou que às 7h15 estava a decorrer uma operação policial no Bairro da Torre em Camarate, dirigida pela Polícia Judiciária.

De acordo com o porta-voz do COMETLIS, Sérgio Soares, a PSP estava a apoiar uma operação da Polícia Judiciária, de forma a manter a ordem pública naquele bairro do concelho de Loures. Segundo a mesma fonte, estão a ser realizadas buscas domiciliárias.

A SIC noticiou esta manhã que as buscas estão relacionadas com o crime ocorrido na sexta-feira no Porto Alto, Santarém. Nesse dia ocorreu uma troca de tiros, na sequência de uma perseguição iniciada pouco antes na ponte Vasco da Gama, na região de Lisboa, quando três homens que seguiam numa viatura desobedeceram a uma ordem de paragem.

A viatura acabou por se despistar no Porto Alto, no distrito de Santarém, e um dos homens saiu do carro empunhando uma arma e disparou em direção aos militares da GNR, ferindo um deles com três tiros (dois numa perna e um num braço). Na resposta, o homem foi baleado, acabando por morrer no local. Os restantes dois foram detidos.

Os dois arguidos detidos na sequência do tiroteio ocorrido no Porto Alto, na sexta-feira, ficaram em prisão preventiva pela prática de roubo, sequestro e homicídio qualificado na forma tentada, entre outros crimes.