Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Sinta-se em casa

  • 333

D.R.

Rui Pedro Reis/Sic

Como cartão de visita, basta dizer que o S90 é a nova aposta da Volvo no segmento executivo e tem como base a mesma plataforma do SUV XC90. Por isso, o S90 faz esquecer o anterior S80 e tem argumentos para concorrer com Audi, BMW e Mercedes. O jornalista Rui Pedro Reis pôs o S90 à prova e no fim concluiu que até podia viver nele

A revolução da Volvo começou com o XC90. A marca sueca, agora detida por um grupo chinês, assumiu a nova plataforma como a base do futuro. Agora o S90 vem confirmar que a Volvo está no caminho certo. Num segmento onde as marcas premiam apostam forte, o S90 concorre com gigantes como o Mercedes Classe E. Num primeiro olhar, o S90 tema a elegância e o requinte obrigatório num grande familiar. Faz esquecer sem dificuldade o S80, que vem substituir.
Desde logo, quando se entra a bordo, é percetível o espaço generoso. Os bancos da frente são envolventes e nos lugares traseiros fica a sensação de que dava para lá viver.

Um automóvel que desfila

1 / 3

2 / 3

3 / 3

Aos primeiros quilómetros, torna-se bem evidente a qualidade da insonorizarão. O motor 2.0, com quatro cilindros em linha e a debitar 190 cv, faz 8,2 segundos dos 0 aos 100 km/h. O andamento é enérgico e apenas o peso do S90 faz com que os consumos subam e não lhe permitam concorrer com o Mercedes Classe E nesse capítulo. Mesmo assim, num ensaio que teve cidade, autoestrada e montanha, o consumo rondou os 6,5 litros. Nada que envergonhe o novo trunfo do fabricante sueco. O comportamento alinha com o que já se conhece do XC90. Preciso, sem surpresas. A direção peca por ser pouco informativa e muito filtrada. Uma opção que se percebe já que o conforto foi mesmo uma das prioridades na criação do S90. E por falar em conforto, a caixa automática Geartronic, com oito velocidades, merece o devido destaque, já que contribui muito para a qualidade de vida a bordo. O melhor mesmo é que faz parte do equipamento de serie. Tal como o ecrã central de dimensões generosas, que controla o sistema de infoentretenimento e os estofos em pele. De resto, o nível de equipamento Inscription é bastante completo. O que não impede o cliente de rechear o automóvel de extras. Entre packs e opcionais, a versão ensaiada tinha cerca de 20 mil euros acrescentados ao preço final.

Segurança high-tech

1 / 2

2 / 2

Depois de uma travessia do deserto, a Volvo já mostrou que está de volta aos pergaminhos que a tornaram uma referência em matéria de segurança. O S90 vem equipado com o sistema Pilot Assist, que é um dispositivo de condução semiautónoma. Foi estreado no XC90 onde estava limitado a uma utilização até aos 35km/h. Mas no S90, o Pilot Assist já funciona até aos 120 km/h. Corrige trajetórias, mantém a distância para o veículo da frente. Até consegue desviar-se de obstáculos. Só não gosta que o condutor tire as mãos do volante. O Pilot Assist é mais uma prova de que a tecnologia de condução autónoma está mais que pronta. Falta ultrapassar as barreiras legais e sociais para tornar estas soluções mais abrangentes e, também, resolver o problema da convivência entre veículos autónomos e convencionais.

É inegável que o S90 deixa uma primeira impressão muito positiva. E a segunda é ainda melhor. É fácil habituarmo-nos a este nível de conforto e segurança. Mas o que mais se torna um bom hábito é o interior. Com espaço de sobra e uma escolha de materiais que o coloca a par das referências do segmento. Se o Audi A6 se destaca pela prestações, o BMW Série 5 pelo prazer de condução e o Mercedes Classe E pelo refinamento, o Volvo S90 pode bem ser o que consegue um conjunto mais equilibrado. Custou a deixá-lo. E comigo conseguiu uma coisa inédita: nunca tinha ficado tanto tempo a apreciar o conforto dos bancos traseiros. Se fosse autónomo tinha dispensado o volante!

FICHA TÉCNICA

Volvo S90 D4 FWD Inscription

Volvo S90 D4 FWD Inscription

MOTOR
1969 cc
190 cv
400 nm às 1750 r.p.m. - 2500 r.p.m.

TRANSMISSÃO
Dianteira
Caixa Automática Geartronic 8 velocidades

PRESTAÇÕES
230 km/h vel. máxima
8,2s 0-100 km/h

CONSUMOS
4,4l / 100 km ciclo misto
116g CO2/km

Preço: €56 703(versão ensaiada: € 76.623)