Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Os Rabelas já cruzam o Douro

  • 333

Os taxis fluviais inspirados nos tradicionais barcos rabelos fizeram-se esta sexta-feira ao rio Douro, ligando as ribeiras de Porto e Gaia de 15 em 15 minutos. A viagem demora três minutos e custa € 3

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

As Rabelas, embarcações de desenho inspirado dos típico barcos que outrora transportavam as pipas de Vinho do Porto do Alto Douro até às caves em Vila Nova de Gaia, iniciaram, esta sexta-feira, a sua atividade de serviço de táxi turístico entre as margens das ribeiras de Porto e Gaia.

As duas Rabelas propriedade da The Fladgate Partnership têm capacidade para 28 passageiros e farão a travessia com partidas regulares de 15 minutos e um custo de € 3. O serviço estará disponível entre as 9h e as 20 h, viagens com partida do Cais da Estiva, situado entre a Praça do Cubo e a Casa do Infante, do lado do Porto, e do cais junto ao Clube Fuvial, do lado de Gaia, na zona âncora de boa parte das caves do Vinho do Porto.

Adrian Bridge, diretor geral da The Fladgate Partnership, refere que o trânsito fluvial é uma oferta importante para as duas cidades, ao permitir aos turistas atravessarem o Douro de uma maneira mais rápida, segura e cómoda do que através do tabuleiro inferior da Ponte D. Luís I. As rabelas são mais uma componente da The Fladgate, proprietária das casas de vinho do Porto Taylor´s, Fonseca, Croft e Kronh, empresa que nos últimos anos tem apostado forte no setor turístico, detentora dos hotéis The Yeatman, em Gaia, e Infante Sagres, no Porto, e ainda do Vintage House Hotel, no Pinhão.

Até agora, o única ligação fluvial permanente disponível ao público era assegurada pela lancha Flor de Gás, entre o Cais do Ouro e a Afurada, junto à marina de Gaia, a chegar à foz.