Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Há mais 9577 estudantes no ensino superior

  • 333

Lucília Monteiro

Na 2ª fase de acesso ao ensino superior, Medicina voltou a liderar como o curso com média de entrada mais alta (194,7 no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, da Universidade do Porto). Ficaram por ocupar 5166 lugares nas universidades e politécnicos

Mais 9577 alunos foram colocados no ensino superior. Esta quinta-feira foram divulgados os resultados da segunda fase do concurso nacional de acesso. Destes estudantes, 7708 “representam novas colocações”, enquanto os restantes 1869 correspondem a pessoas “que já se tinham matrícula na sequência de uma colocação na primeira fase”, mas que voltaram a concorrer. Comparativamente ao ano passado, o número de colocados nesta segunda tentativa de ingresso cresceu quase 2%.

Depois de na primeira fase as engenharias terem ultrapassado as médias de Medicina, a história inverteu-se. A saúde voltou a conquistar o topo das notas de entrada mais altas, ocupando quatro dos cinco primeiros lugares:

1º - 194,7
Medicina, Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, Universidade do Porto

2º - 193,8
Engenharia e Gestão Industrial, Faculdade de Engenharia, Universidade do Porto

3º - 193,3
Medicina, Faculdade de Medicina, Universidade do Porto

4º - 193,2
Medicina, Universidade do Minho

5º - 190,3
Medicina, Faculdade de Medicina, Universidade de Coimbra

Comparativamente à primeira fase, as médias de entraram foram, na generalidade, mais altas. Se a 11 de setembro, o curso com nota mais elevada era Engenharia Aeroespacial (no Instituto Superior Técnico), com 185,3, agora a licenciatura em Medicina teve como nota do último candidato a entrar 194,7.

As matrículas e inscrições destes novos alunos arrancam esta quinta-feira e prolongam-se até ao dia 3 de outubro (próxima segunda-feira).

Depois de colocados os candidatos da segunda fase, ficam ainda por ocupar nas universidades e politécnicos portugueses 5166 lugares. Menos 670 vagas do que em 2015. As candidaturas à terceira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior são apresentadas entre os dias 6 e 10 outubro, na página da Direção-Geral do Ensino Superior.

A decisão de disponibilizar vagas nesta terceira fase “compete a cada instituição”.

As notas de entrada dos últimos candidatos colocados podem ser consultadas aqui.