Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Filho de diplomata em prisão preventiva depois de esfaquear o pai

  • 333

Estudante francês esfaqueou o pai, um diplomata da União Europeia, que continua internado num hospital em Lisboa. Jovem está em prisão preventiva

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Antoine, um estudante francês que está a tirar um mestrado em Lisboa, na área de Economia e Finanças, está em prisão preventiva. Foi detido na noite do passado sábado, pouco depois de ser visto por várias testemunhas a esfaquear e pontapear o pai, um funcionário diplomático da União Europeia na Tunísia.

De acordo com as autoridades, o rapaz de 23 anos desferiu, "com uma faca, vários golpes no pescoço e abdómen do pai com o intuito de lhe tirar a vida".

Esta tarde, a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa, confirmou que o jovem foi detido e apresentado ao juiz de instrução criminal para primeiro interrogatório judicial, esta segunda-feira, "fortemente indiciado pela prática do crime de homicídio qualificado na forma tentada". O arguido ficou por isso "em prisão preventiva".

Laurent, a vítima de 53 anos, tinha viajado até Lisboa para ver o filho, que se encontrava a residir num hostel da capital. Mas o encontro terá corrido mal: o jovem fugiu do local das agressões deixando o pai inanimado no chão. Não se conhecem ainda as razões do desentendimento.

Pouco depois, a PSP deteve o jovem francês, que não terá oferecido resistência às autoridades. Tinha-se escondido no hostel, localizado na zona de Arroios.

O diplomata está internado no Hospital de São José, em Lisboa.

A investigação ao caso prossegue sob a direção do DIAP de Lisboa e com a colaboração da Polícia Judiciária.