Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Exército anuncia avaliação clínica a todos os militares dos cursos de Comandos

  • 333

Gonçalo Rosa Silva

Prometida execução de uma inspeção técnica extraordinária às provas de classificação e seleção para os Cursos de Comandos. Próximos cursos serão suspensos até se conhecerem os resultados. As instruções do atual curso estão suspensas para novas provas médicas

Depois do anúncio do Ministro da Defesa, Azeredo Lopes, sobre a suspensão dos cursos dos comandos, a pretexto da morte de um militar no último domingo, o Exército anuncia a realização de uma inspeção técnica extraordinária às provas de classificação e seleção para os cursos de Comando.

De acordo com o Exército, serão suspensos os próximos cursos de Comandos "até à conclusão da inspeção técnica extraordinária agora determinada".

A decisão da suspensão dos cursos foi tomada pelo chefe do Estado-Maior do Exército e comunicada ao ministro da Defesa.

No comunicado enviado esta tarde, o Exército anuncia ainda a avaliação clínica aos formandos do 127º Curso de Comandos (que está a decorrer), a realizar pelo Centro de Saúde Militar de Coimbra durante "a qual haverá uma suspensão temporária do 127º Curso".

O curso de que fazia parte o militar Hugo Abreu, que morreu no domingo "por um golpe de calor" não está por isso suspenso. "As instruções deste curso é que foram temporariamente suspensas para permitir que os formandos sejam de novo sujeitos a avaliação clínica", esclarece o porta-voz do Exército, o tenente-coronel Vicente Pereira, ao Expresso. Ou seja, o 127.º curso dos Comandos vai manter-se de forma "controlada e adaptada".

Segundo Vicente Pereira, os próximos cursos de Comandos estão suspensos já que o Chefe de Estado-maior do Exército pretende "aguardar as conclusões dos inquéritos que estão a decorrer, analisá-las e verificar se há necessidade de proceder a alguma alteração nos próximos".
"Só depois da análise feita é que se determinará o passo seguinte a dar", sublinhou o responsável.