Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Juiz condenado por falsificar estado de processos para aumentar produtividade

  • 333

Um antigo juiz do Tribunal Administrativo de Mirandela foi condenado a dois anos e 11 meses de prisão suspensa, pelos crimes de falsidade informática e abuso de poder. O magistrado dava como concluídos processos que ainda não tinham sentença, de modo a aumentar artificialmente a sua produtividade. O ex-juiz esteve também acusado de violência doméstica, mas foi absolvido