Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Este ano foram colocados mais 494 professores contratados

  • 333

José Carlos Carvalho

Esta terça-feira foram divulgadas as listas de colocações de professores contratados. No total, 7.306 docentes contratados foram colocados nas escolas públicas

Esta terça-feira, 7.306 professores contratados ficaram a saber qual a escola onde vão lecionar no ano letivo 2016/2017. As listas definitivas de colocação de docentes relativas aos concursos de mobilidade interna e de contratação inicial de professores foram divulgadas esta tarde no site da Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE). Comparando com o ano passado, há mais 494 professores colocados.

“As listas foram divulgadas no penúltimo dia útil do mês de agosto, tal como aconteceu em 2015/2016, ficando, na realidade, os professores colocados mais cedo, uma vez que não estão sujeitos aos procedimentos morosos e burocráticos da BCE [Bolsa de Contratação de Escolas]”, lê-se no comunicado divulgado pelo Ministério da Educação.

O novo ano letivo marca também a entrada em vigor de um novo sistema de colocação. No ano passado, o procedimento relativo à Bolsa de Contratação de Escolas [BCE] aconteceu apenas depois da contratação inicial, realizada no penúltimo dia útil do mês de agosto. Portanto, em 2015, foram contratados 3782 professores em contratação inicial (no final de agosto) e mais 3030 em BCE.

Este ano, a Bolsa “foi extinta”, o que segundo a tutela da Educação, permitiu a colocação em simultâneo dos professores e evitar que o processo se arrasta-se “ao longo do ano letivo”.

No mesmo comunicado, o Ministério tutelado por Tiago Brandão Rodrigues assegura que “todos os horários solicitados pelas escolas foram já preenchidos pelos professores colocados nesta fase”, tendo em consideração as preferências manifestada pelos docentes.

Segundo o calendário escolar, as aulas nos ensinos básicos e secundário arrancam entre os dias 9 e 15 de setembro de 2016.