Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Corpos de três mulheres desaparecidas há meses encontrados num tanque em Tires

  • 333

Cadáveres foram encontrados numa quinta em Tires, Cascais. As vítimas são de nacionalidade brasileira e estavam desaparecidas desde fevereiro

Marta Gonçalves

Marta Gonçalves

texto

Jornalista

Micael Pereira

Micael Pereira

texto

Jornalista

José Carlos Carvalho

José Carlos Carvalho

fotos

Fotojornalista

Os corpos de três mulheres com nacionalidade brasileira foram encontrados numa quinta perto do aeródromo de Tires, em Cascais. A notícia foi avançada pela SIC Notícias, na tarde desta sexta-feira, e confirmada pelo Expresso. O grupo estava dado como desaparecido desde fevereiro.

Segundo fonte da Polícia Judiciária avança ao Expresso, a investigação já decorria desde março em parceria com a Polícia Federal Brasileira. As buscas culminaram com a recuperação dos corpos das três mulheres, que se encontravam no interior de um tanque. “A PJ solicitou aos bombeiros para proceder ao esvaziamento de um tanque na zona do hospital veterinário”, confirmou o comandante dos Bombeiros Voluntários da Parede. A operação começou por volta do 12h30.

Os três cadáveres foram removidos e levados para o Instituto de Medicina Legal, onde serão autopsiados.

Desde março, avançou ao Expresso fonte da PJ, que as autoridades tinham identificado um suspeito com ligações às três raparigas. Dinai Alves Gomes namorava com Michelle Santana Ferreira, 28 anos, (que segundo a imprensa brasileira já morava em Portugal há mais de oito anos). No final de janeiro de 2016, chegaram a Portugal a irmã da mulher, Lidiana Neves Santana, 16 anos, e a namorada, Thayane Milla Mendes Dias, 21 anos.

Segundo a mesma fonte, as motivações para o crime podem estar no facto de Dinai Alves Gomes, que era casado no Brasil, estar assustado com a possibilidade de a mulher vir a Portugal.

A cunhada de Michelle e Lidiana, Cida Cândida, fez vários apelos nas redes sociais para ajudarem a encontrar as três raparigas. E acrescenta que Michelle acreditava que estava grávida de três meses.

Dinai Alves Gomes e Michelle Santana Ferreira estariam juntos há cerca de quatro anos. Após o desaparecimento das mulheres, terá regressado ao Brasil.

Segundo uma reportagem de maio da “Globo, Michele trabalhava como empregada doméstica e terá convidado a irmã mais nova para ir morar com ela no final de 2015. As duas dividiam o apartamento com Dinai, que era o proprietário.

Thayane terá chegado a Portugal a 28 de janeiro. Vinha, contou a mãe Tânia Maria Mendes Dias à “Globo”, trabalhar para uma creche e morar com as duas amigas. A última vez que a filha terá entrado em contacto foi cinco dias depois de chegar a Lisboa.

O LOCAL ONDE AS MULHERES FORAM ENCONTRADAS

1 / 5

José Carlos Carvalho

2 / 5

José Carlos Carvalho

3 / 5

José Carlos Carvalho

4 / 5

José Carlos Carvalho

5 / 5

José Carlos Carvalho

  • Direto SIC Notícias no local onde foram encontradas três mulheres mortas

    Três mulheres foram encontradas mortas numa quinta perto do aeródromo de Tires, em Cascais. A Polícia Judiciária confirma que se trata de um caso de homicídio. Uma das jovens é de Nova Venécia, no Noroeste do Espírito Santo, no Brasil, e as duas amigas, que são irmãs, de Minas Gerais. Estavam desaparecidas desde fevereiro. Este é um caso que está a ser seguido pela Unidade Contra o Terrorismo.

  • "A Michelle chegou a comentar com uma amiga que se engravidasse ele a mataria"

    Três mulheres foram encontradas mortas esta sexta-feira numa quinta em Tires, Cascais. Maria Aparecida, cunhada de Michelle, desaparecida desde fevereiro, esteve ao telefone na SIC Notícias, disse que ficou surpreendida com a confissão do crime e que a cunhada "chegou a comentar com uma amiga que se engravidasse" seria morta pelo companheiro.

  • Mãe de Michelle e Dinai: "Nunca imaginei que ele as tivesse matado"

    A Polícia Judiciária encontrou os corpos de três mulheres brasileiras que estavam desaparecidas desde fevereiro. A mãe de duas das vítimas (Michelle e Dinai) esteve em direto ao telefone na antena da SIC Notícias. Solange Santana Leite diz que nunca imaginou que o alegado homícida fosse capaz de matar as suas filhas.

  • TV Record em abril já levantava suspeitas sobre o namorado de Michelle

    A 19 de abril a TV Record emitiu uma reportagem sobre o desaparecimento destas três mulheres encontradas mortas esta sexta-feira, em Tires, Cascais. Na altura a televisão brasileira ouviu a mãe das irmãs, Michelle e Dinai, que já levantava suspeitas sobre o namorado. As raparigas desapareceram em fevereiro, dois meses antes da emissão desta reportagem que a SIC lhe mostra agora em exclusivo.