Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Jovem agredido em Ponte de Sor sai dos cuidados intensivos

  • 333

Jovem estava internado há uma semana em estado grave no Hospital de Santa Maria, para onde tinha sido transferido depois das agressões sofridas em Ponte de Sor, praticadas por dois filhos adolescentes do embaixador do Iraque em Portugal e que alegam ter agido em legítima defesa

Internado há uma semana nos cuidados intensivos do Hospital de Santa Maria, em estado considerado muito grave, o jovem de 15 anos que foi agredido em Ponte de Sor, distrito de Portalegre, deixou esta manhã de estar sob vigilância apertada e foi transferido para outro serviço. A notícia foi confirmada à SIC Notícias pelo advogado da família, Santana-Maia Leonardo

As agressões foram praticadas na passada quarta-feira pelos dois filhos gémeos do embaixador do Iraque em Portugal, na sequência de uma rixa noturna. Ambos detentores de passaporte diplomático, quando foram ouvidos pelas autoridades alegaram ter agido em legítima defesa poe terem sido atacados primeiro.

A vítima, Rúben Cavaco, de 15 anos, sofreu múltiplas fraturas e terá ficado desfigurada, o que motivou a sua transferência para Lisboa num helicóptero do INEM. Devido à gravidade dos ferimentos foi colocado em coma induzido, situação que já não se verifica e que possibilitou a sua mudança para outro serviço hospitalar

Esta segunda feira, em entrevista exclusiva à SIC Notícias, os dois jovens dizem que antes da discussão com Rúben Cavaco foram agredidos por seis rapazes do grupo de Rúben junto a um bar da cidade. Na mesma noite regressaram ao bar para recolherem pertences que tinham caído durante a discussão e troca de agressões. Nessa altura encontraram de novo Rúben Cavaco na rua e iniciou-se uma nova discussão.

Os gémeos negam que o tenham atropelado e admitem as agressões. Desejam que Rúben recupere em breve e garantem estar disponiveis para todos os esclarecimentos que as autoridades ainda considerem necessários, insistindo que não têm qualquer intenção de abandonar o país.

A entrevista integral da SIC pode ser vista esta terça-feira no "Jornal da Noite".